Prêmio Metalmorfose

O Diretor-presidente das Organizações LIMGER Tadeu Margarida foi homenageado pela Federação dos Trabalhadores Metalúrgicos de SC e pelo Sindicato de Joaçaba. A homenagem fez parte da cerimônia de lançamento do livro “Metalmorfose em Joaçaba”, que aconteceu no dia 19 de julho, no Clube Cruzeiro.

Tadeu Margarida foi metalúrgico antes de fundar as Organizações LIMGER. Ele contou a sua história de luta profissional e sindical e é um dos personagens do livro, que narra a contribuição dos trabalhadores da indústria metalmecânica e a influência dos sindicalistas na formação do município, que hoje é referência no setor.

Além dos depoimentos de Tadeu Margarida, o livro “Metalmorfose em Joaçaba” traz, de forma emocionada, a história do ativista sindical Paulo Stuart Wrigth e dos sindicalistas da década de 50 em Joaçaba Leopoldo Partala e Alírio Caldart. De autoria da professora Ivete Oliveira Alano de Souza e do jornalista Marcelo Fernandes Corrêa, o livro é uma homenagem a estes grandes trabalhadores com ideais e visão muito adiantes do seu tempo.

PRÊMIO METALMORFOSE

O termo “Metalmorfose” também é usual dos metalúrgicos, sendo o nome do prêmio concedido aos homenageados durante o lançamento do livro. “É uma honra receber esse prêmio. Há mais de 50 anos, era difícil um trabalhador lutar pelos direitos, mas hoje é uma conquista de todos”, agradece Tadeu.